Allo Consultoria - Marcação a mercado

Um fato inegável e que já dissemos em outros artigos é que toda empresa desenvolve projetos, com ordenação das atividades e recursos (físicos, financeiros e humanos) para o alcance de objetivos estabelecidos previamente. No entanto, para que isso seja possível é necessário ter uma reserva financeira que possa garantir esse processo. Nesse sentido, as empresas geram reservas financeiras e investem esse capital no mercado para gerar rentabilização na forma de juros. Embora seja uma atividade corriqueira, muitos gestores desconhecem um princípio contábil utilizado em aplicações, que é a marcação a mercado.

Além disso, as regras são estabelecidas por órgãos normativos, que têm por objetivo trazer maior transparência às operações, bem como gerar maior controle sobre cada ativo que a sua empresa investe.

O que é marcação a mercado?

A marcação a mercado é uma abordagem aplicada, principalmente, aos títulos de renda fixa prefixados (como as debêntures), que consiste em aplicar o preço atual que o mercado está pagando no título que a sua empresa tem na carteira de investimentos.

Como uma das principais característica do mercado financeiro é a volatilidade do valor dos ativos, se faz necessária a aplicação da marcação a mercado, onde a sua divulgação é, geralmente, diária.

Com base nesses dados, as empresas devem atualizar os seus registros contábeis, que refletirão imediatamente no balanço patrimonial e, em consequência, garantirá um melhor acompanhamento das atividades de investimento e reinvestimento.

Como funciona a dinâmica de preços?

Embora o conceito de marcação a mercado seja simples, não podemos esquecer que a economia age diretamente na dinâmica de preços dos títulos de renda fixa prefixados e, também, das cotas dos fundos de investimento.

Todo título prefixado tem um vencimento, onde será recomprado ao chegar nessa data. Para o cálculo do preço alvo do título será considerado o seu vencimento e a taxa de juros da economia (Taxa Selic). Em outros casos, também será incorporada a inflação com base no IPCA — Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo.

Assim, se a taxa de juros da economia subir, a tendência do preço unitário (PU) dos títulos será de queda, afinal, o preço alvo e o seu vencimento serão mantidos. Isso acontece para manter um equilíbrio entre todos os elementos que citamos.

Allo Consultoria - Alta da taxa de juros, queda do PU
Alta da taxa de juros, queda do PU

O movimento contrário também pode acontecer, caso a taxa de juros da economia esteja em tendência de queda. Então, o preço unitário (PU) dos ativos de renda fixa prefixados tende a subir, equilibrando a relação rentabilidade x preço alvo x vencimento.

Allo Consultoria - Queda da taxa de juros, alta do PU
Queda da taxa de juros, alta do PU

Na tendência de queda da taxa de juros da economia é apresentado um ambiente favorável para as empresas que estão investindo suas reservas em títulos prefixados, pois, com a elevação do preço unitário dos seus ativos, poderão vendê-los antes da data de vencimento, garantindo uma boa rentabilidade que, inclusive, pode ser tão vantajosa quanto ao segmento de renda variável (ações, índices e outros).

Assista ao vídeo abaixo para saber mais como funciona a dinâmica de preços e a marcação a mercado.

O que é marcação a mercado – por Marilia Fontes

Como a marcação a mercado influencia na gestão?

A marcação a mercado influencia diretamente na gestão das empresas, principalmente, no que diz respeito a transparência. Um bom exemplo disso tange os fundos de investimento, onde essa abordagem age diretamente na divulgação e contabilização dos valores das cotas que compõe o fundo.

A transparência aliada a marcação a mercado é levada tão a sério que, inclusive, é regulamentado pela CVM — Comissão de Valores Mobiliários, por meio da Instrução Nº 537/2013, no seu Art. 18, §5º.

Na prática, o registro contábil pode ocorrer de acordo com duas situações: com os títulos sendo mantidos em sua carteira até o vencimento, ou como títulos que podem ser negociados no mercado. No primeiro caso o registro no balanço patrimonial é com base no preço de aquisição. Já no segundo caso o valor é registrado com base na marcação a mercado.

Nesse sentido, pode haver diferenças de valores registrados, por isso, se faz tão necessária a adoção adequada da marcação a mercado para criar um ambiente de maior transparência em cada operação de investimento.

Vale ressaltar que essa norma contábil ajuda os gestores estratégicos no processo de tomada de decisão, onde poderão analisar se é mais vantajoso aguardar o vencimento dos títulos que estão na carteira de investimento da empresa, ou se é um bom momento para vendê-los antes do vencimento e, assim, garantir a margem de lucro maior.

É imprescindível saber analisar os dados repassados pelas instituições financeiras e, posteriormente, incorporá-los ao balanço patrimonial da sua empresa para a correta mensuração dos resultados. Por isso, a Allo Consultoria Empresarial disponibiliza aos seus clientes o serviço de consultoria em gestão financeira, ajudando no planejamento dos investimentos, bem como da adoção das normas contábeis vigentes.

Deseja ter o apoio e contar com o conhecimento dos nossos especialistas? Entre em contato conosco agora mesmo, ou use o seu celular para escanear o QR Code abaixo e seja redirecionado para o nosso WhatsApp!

Rafael Lima

Autor Rafael Lima

Administrador, atuação com foco em gestão, planejamento e finanças — CRA-RJ 20-88222. Fascinado pelo mundo empresarial, finanças e economia. Redator e produtor de conteúdo web da Allo Consultoria Empresarial.

Mais artigos de Rafael Lima

Deixe o seu comentário