Allo Consultoria - gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são percepções subjetivas da mente humana que são capazes de direcionar os indivíduos em determinadas situações ao longo de toda a sua vida. Com isso, o uso dessa característica tem um campo exploratório vasto, podendo ser aplicado, inclusive, nas estratégias de venda da sua empresa.

O fato é que a função fundamental do marketing é agregar valor ao processo de identificar e satisfazer as necessidades, demandas e desejos de consumo de bens e serviços. No entanto, essa trajetória não é linear, ou seja, não há uma “receita de bolo” que leve as empresas ao seu objetivo, afinal, cada consumidor é único, com suas características e percepções do mundo que o circunda.

Então, o que acha de juntar esses dois elementos em prol do seu negócio? É sobre isso que abordaremos neste artigo, em que te mostraremos os principais gatilhos mentais e como aplicá-los nas suas estratégias de marketing.

Ficou interessado? Então continue esta leitura e descubra mais sobre o tema!

Leia também:

Imagem de capa: asier_relampagoestudio – www.freepik.com

O que são gatilhos mentais?

Os gatilhos mentais podem ser entendidos como as decisões que são tomadas de maneira inconsciente, como um processo automático que o cérebro adota em várias situações de escolhas e atitudes.

Mas não pense que os gatilhos mentais são um advento do marketing e das técnicas de vendas. Pelo contrário, isso é uma característica orgânica da própria natureza humana que foi desenvolvida ao longo do tempo para facilitar a tomada de decisão.

A nossa mente toma decisões baseadas no contexto social e emocional, tendo a fase da racionalização posteriormente, como uma tentativa de justificar a ação. Os gatilhos mentais funcionam como um dispositivo disparador de emoções que, inclusive, pode agir com base em sensações e memórias, o que motiva a tomar determinadas atitudes no presente.

Os tipos de gatilhos mentais e a sua relação com o marketing

Agora que você sabe o conceito de gatilhos mentais, talvez esteja fazendo uma retrospectiva de quantas vezes tomou decisões com base nesse estímulo. Inclusive, essa análise pode estar ocorrendo de maneira consciente ou inconsciente, mas o fato é que um gatilho mental foi disparado para te levar a esta reflexão.

Agora, você já pensou como todo esse conceito e movimento pode te ajudar a alcançar melhores resultados na sua empresa? Abaixo você vai encontrar 7 gatilhos mentais para aplicar nas suas estratégias de marketing!

1 — Prova social

O gatilho da prova social ratifica o quanto necessitamos da aprovação de outras pessoas e que consideramos o que elas pensam em relação a expectativas sobre nós, o sentimento de aceitação e pertencimento.

No marketing, o gatilho da prova social busca convencer o cliente de que ele precisa daquele produto ou serviço para fazer parte da comunidade. Além disso, a experiência de outras pessoas é um referencial da prova social que pode influenciar pessoas a comprarem um produto ou consumirem um serviço.

Mostre que a sua marca é escolhida em cases de sucesso e o quanto a experiência foi positiva.

Assista ao vídeo abaixo para saber mais como aplicar o gatilho da prova social com foco no e-commerce.

Ecommerce na Prática – Prova Social, Dobre suas Vendas com esse Gatilho

2 — Autoridade

Aplicar o gatilho mental da autoridade requer empenho, afinal, envolve um tanto de audácia, de modo que, se não planejado e aplicado adequadamente pode gerar o efeito contrário do esperado. Contudo, as empresas sérias e que confiam nos seus produtos e serviços não enfrentarão problemas em implementar essa abordagem.

Esse gatilho mental consiste em posicionar o seu negócio como líder no mercado em que atua. Mas não basta dizer ser o líder; é preciso realmente se posicionar como tal, demonstrando que sabe o que está fazendo e, assim, conquistar a confiança dos seus clientes.

O gatilho mental da autoridade pode ser empregado em conjunto com o gatilho mental da prova social, fazendo com que o seu público-alvo perceba o real valor do seu negócio em proporcionar soluções para determinadas dores (situação problema).

Gerar conteúdos e dialogar com o público-alvo é uma excelente forma de utilizar o gatilho mental da autoridade, de modo que, será mais fácil de demonstrar como a sua empresa conhece bem o mercado em que atua.

3 — Escassez

É fato que o cérebro humano faz uma associação direta entre valor percebido e escassez, ou seja, quanto mais difícil for para ter acesso a determinado produto ou serviço, melhor é a nossa percepção de valor sobre ele.

O marketing utiliza bastante o gatilho mental da escassez nas suas abordagens de propaganda e publicidade, onde estimula no público-alvo o sentimento de necessidade de agir rápido para aproveitar a oportunidade apresentada.

Para e-commerce (e similares), em muitos casos, é vantajoso trabalhar com estoques baixos, pois, reduz o custo de armazenagem e aliado ao gatilho mental da escassez garante a venda dos itens, o que aumenta a sua margem de contribuição.

“Últimas unidades” e “vagas limitadas” são apenas dois dos muitos exemplos da aplicação de gatilhos mentais baseados na escassez.

4 — Urgência

Allo Consultoria - Gatilho mental da urgência

Assim como a escassez, o gatilho mental da urgência trabalha com a limitação de um determinado elemento que, nesse caso, é o tempo. Nessa abordagem a frase “tempo é dinheiro” é, literalmente, levada a sério, afinal, quanto antes os consumidores chegarem, mais rápido a empresa vai gerar caixa.

Frases como: “somente hoje” e “últimos dias para você aproveitar a promoção” são alguns exemplos aplicados ao gatilho mental da urgência. Atrelado a isso, muitas empresas utilizam uma contagem regressiva de tempo ao seu site e perfil das redes sociais para informar ao seu público-alvo que precisam correr para garantir a sua chance.

5 — Novidade

Como já dissemos anteriormente, o ser humano é guiado por emoções e sensações, o que influencia diretamente a sua tomada de decisão. Um desses sentimentos é o de aguardar e vivenciar algo novo. Essa realidade é a responsável por gerar o gatilho mental da novidade.

Esse estímulo é muito utilizado por grandes empresas, principalmente, as de tecnologia, como Apple e Samsung. Os fãs dessas marcas aguardam ansiosos pelos lançamentos anuais e costumam adquirir os seus produtos ainda na fase de pré-vendas.

Mas o uso do gatilho mental da novidade não é exclusividade das grandes corporações, onde as micro e pequenas empresas também podem utilizar. Crie versões temporais (de seis meses a um ano) e estimule a curiosidade e a expectativa por novidades em seus consumidores.

6 — Simplicidade

Quem nunca ouviu a frase “menos é mais”? Essa é a realidade de um movimento de consumo cada vez mais consciente e a facilitação de fazer negócios com uma empresa. Isso cria o gatilho mental da simplicidade, onde as organizações devem criar ações e argumentos leves e simples.

Transformar produtos e serviços em algo intuitivo é a base do gatilho mental da simplicidade, em que é percebido pelo seu público-alvo como algo transparente, de fácil adesão e simples de ser consumido.

7 — Reciprocidade

Allo Consultoria - Gatilho mental da reciprocidade

Com uma relação do tipo “ganha-ganha” o gatilho mental da reciprocidade gera engajamento entre os envolvidos. No mundo dos negócios, as empresas utilizam esse gatilho nas suas estratégias de marketing em uma visão de entregar valor para quem gera valor para elas.

Um bom exemplo do emprego do gatilho mental da reciprocidade nas estratégias de marketing são as amostras grátis de produtos ou serviços, mediante a cessão de algo em troca como, por exemplo, dados de contato, onde a empresa poderá gerar e nutrir leads, até convertê-los em clientes.

É inegável que as abordagens do marketing baseadas em gatilhos mentais apresentam resultados melhores, agindo diretamente na percepção de cada indivíduo e a sua exposição para cada tipo de estímulo. Com isso, a sua empresa pode alcançar ótimos resultados se as técnicas apresentadas aqui forem bem aplicadas.

Precisa de ajuda para elaborar corretamente as estratégias de marketing do seu negócio? A Allo Consultoria Empresarial pode te acompanhar nessa jornada! Entre em contato conosco agora mesmo e converse com os nossos especialistas.

Rafael Lima

Autor Rafael Lima

Administrador, atuação com foco em gestão, planejamento e finanças — CRA-RJ 20-88222. Fascinado pelo mundo empresarial, finanças e economia. Redator e produtor de conteúdo web da Allo Consultoria Empresarial.

Mais artigos de Rafael Lima

Deixe o seu comentário